A saúde digital, também chamada de e-Saúde ou Saúde 4.0 é um caminho inevitável para o futuro da medicina, no qual proporciona uma série de impactos na qualidade de vida dos pacientes e na gestão de informações.

A gestão hospitalar nada mais é que o gerenciamento de todos os processos que ocorrem no hospital, desde materiais e pessoas até sistemas e equipamentos que, quando integrados, facilitam o fluxo de informações. Quanto melhor a gestão, melhor será a experiência que o paciente tem no local e, consequentemente, maior a renda gerada.

Ferramentas digitais

Entre as ferramentas tecnológicas importantes para a gestão hospitalar estão os softwares, plataformas de comunicação, armazenamento digital e em nuvem, aplicativos, bem como recursos em telefonia. Considerando as especificidades de cada uma das ferramentas, elas agilizam a organização de informações e seu acesso a elas, otimizam espaço, conferem segurança aos dados e permitem uma rápida comunicação.

O armazenamento digital de dados trás inúmeras vantagens, como: economia de espaço; redução de gastos com papel, possibilidade de armazenamento em nuvem (fazendo que os dados possam ser acessados em qualquer lugar). Portanto, empregando-se um sistema de prontuários eletrônicos, que pode funcionar em nuvem ou em computadores físicos, e seus devidos backups, não existe o risco de perder documentos, como guias de convênios ou históricos médicos, por exemplo.

O uso de plataformas é importante tanto para a comunicação entre a equipe de colaboradores quanto com os pacientes, já que elas enviam informações sobre exames ou consultas via mensagem de texto no celular ou e-mail. Também os agendamentos se tornam mais ágeis e eficientes, uma vez que, com os compromissos marcados reunidos em uma base, a secretária pode checá-los e remanejá-los, quando necessário, com facilidade.

Ocorre também o aumento do nível de desempenho dos profissionais do setor administrativo, principalmente, a partir do trabalho com plataformas, que preenchem automaticamente recibos, guias de convênios etc. A pesquisa de dados também se torna muito mais rápida, permitindo que toda a equipe clínica e administrativa faça buscas com agilidade e rapidez, podendo integrar informações.

O atendimento diferenciado que os usuários dos serviços médicos requerem consiste na associação da atenção clínica de qualidade com a agilidade, eficiência e objetividade na prestação de serviços administrativos.